domingo, 10 de julho de 2011

Experiências baunilhas Parte I

Como a maioria sabe fui casada durante treze anos. O sexo era normal, nada relevante ou mesmo que me indicasse o caminho que hoje sigo, da submissão. Uma daz vezes em que quis apimentar nossa transa a cama esquentou mesmo. Claro que o sexo era gostoso, sexo anal, sexo de quatro e claro papai e mamãe. Mas não era nada extraórdinário. Já pro final do casório, ouvia as seguintes frases que me magoaram e me fizeram cair em constante questionamento: Voce é frígida. Voce não sabe variar. Voce não sabe dar prazer a um homem. Pois bem, pedi o divórcio. E na sequência fui começar minhas andanças e portanto, minhas experiências. Algumas devo admitir foram desastrosas mas, outras foram simplesmente o máximo. Como quero relatar o bom e o ruim vou começar pelo último... E deixar o gostoso pro final... Afinal são essas experiências que nos fazem melhorar e procurar o que realmente vale a pena. Tive um namorado que não aceitava que eu provasse seu sêmen. Ele achava nojento. E eu adoro engolir a porra quente. Que sinuca de bico não é mesmo? Resultado o namoro acabou, não só por esse motivo mas que pesou, pesou sim. Não poder fazer algo que me dá prazer era muito chato. E todas as vezes ele quase saia correndo da cama... Hoje dou risada, mas na época me sentia muito mal, como se faltasse algo. 
Uma outra experiência que tive e essa também não foi das melhores, foi sexo com dois homens. Engraçado que esse é o fetiche da maioria dos homens, e acabei entrando nessa sem saber direito. Outro namorado me propos e topei. Fomos até a casa dele e lá havia um amigo nosso esperando. A experiência foi muito louca, dois homens nus na minha frente. Dois corpos para me deliciar e ser deliciada também. Foi até que gostoso, mas pra mim faltou uma intimidade maior. Na verdade eles se sentiram estranhos, porque se eu chupava um o outro não queria beijo. Se um me comia de frente o outro não queria ficar atrás. Ou seja eles não se entendiam e isso me irritou. Acabou a noite eu em casa despachando o namorado pra casa dele e tomando um banho gelado já que nenhum dos dois conseguiu me satisfazer. Depois dessa não quis mais nem pensar em transar com dois. E me pergunto porque os homens tem esse fetiche. Talvez porque nós sabemos nos dividir melhor e nos dar melhor também.

2 comentários:

Wander disse...

Concordo plenamente com seu comentário final. A maior parte dos homens é machista e não admite tocar outro . Acredito que seja medo de gostar...e dos homens é machista e não admite tocar outro . Acredito que seja medo de gostar...

yasmin so yasmin disse...

Talvez tenhas razão caro Amigo...

Mas hoje não deveria mais ser assim...

Afinal de fala tanto em liberdade e outras coisas que tal....