quarta-feira, 9 de março de 2011

Freya II





Quero teu corpo suado
Quero teu peito arfando
Quero tua alma
entregue a mim
sem restrição
Pois vou tomá-la
e tudo que te pertence
é meu.

Nenhum comentário: