quarta-feira, 13 de junho de 2007

Tempo



Chuva, temporal, tempestade...

Tudo que me leva até onde estás meu Senhor.

Tempo, hora, noite...

Sou eu entrando para Te satisfazer.

Trago em mim, o desejo, o furor...

Que só Teu amor dominante, consegue aplacar.

Renovo sempre, aos Teus pés...

Entregando a Ti, minhas máscaras, nuances...

Recebo e partilho Tuas e minhas taras e fetiches...

Com um prazer inefável...

Submeto-me a Ti, sem pudor sem medo.

Porque tens minha vontade

Deposito em Ti meu destino

Meu prazer vem por Ti e vai para Ti.

Meu ser é Teu...

Por isso me regozijo...

Minha dor e meu extâse,

vem pelas Tuas mãos...

Meu gozo e pensamento são Teus...

Agora e sempre...

Meu Dono.

Um comentário:

rinao disse...

gozo e pensamento...sao meus...afffffff