segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Vinho

Lembra daquele vinho?
Hoje o sorverei...
Com sangue de espinho
Celebrarei meu desejo.
Minha intensidade.
Ser eu mesma.
Num beijo
Cada gota aquecerá meu ser.
Cada gole um dos meus tesões
Cada brinde...me fará mulher
Irei me embriagar de mim mesma.
Das minhas perversões...
Dos sonhos...
Dos pesadelos.
Vamos brindar a vida.
Devagarinho
Lembra daquele vinho?


Nenhum comentário: