sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Achas


Acha que me conhece?
Que em poucas linhas escritas, me tece?
Pensa que todos meus desejos estão aqui escancarados?
Ledo engano. Sou como a noite... 
Escura em seus pecados 
Pode da noite usufruir, sem nada descobrir. 
Ou pode em um único olhar, me desvendar ao luar 
Como? Isso é meu segredo... 
Um passo à frente. 
Um convite. 
Um sussurro... em seu mente 
E o silêncio do medo.





Nenhum comentário: