domingo, 6 de maio de 2012

Acordem


Acordem todos! 
Saiam as ruas essa noite
quero dançar até não suportar mais.
Quero meu corpo saciado
com a beleza da dança.
Acordem, vamos acordem!
Hoje sou a dançarina prostituta.
Satisfarei todos os seus desejos
em troca somente de sentir 
o prazer extravasar
por todos os poros de seus corpos.
Inflarei qual balão
para os deleites
que mãos e línguas puderem usufruir.
Acordem!
Estou à espera
nessa noite sem precedentes.
Onde não há julgamento
e muito menos pecado.
Aliás não acredito neles mesmo!
Quero o corpo mole depois do sexo,
quero ampliar minha mente
para abarcar o mundo sem freios.
Sou eu!
Não preciso de aceitação.
Aceito-me como sou.
Danço pela cidade
sem que consigam me acompanhar.
Prostituo-me
a cada pensamento recheado
de luxúria e lascívia.
Venha encontrar
o altar que tantos procuram.
Tenha fé inabalável.
Tenha coragem.
E acima de tudo
possua-me com vigor.
Com vontade.
Penetre em meu corpo.
Penetre em minha alma.
Usurpe o poder
se tiver competência para tanto.
Senão,
bem pelo menos ao caíres exausto,
saibas que a prostituta sagrada
segue seu caminho sem pesar.
Livre e disposta ao amor.
Não algo exasperador,
mas algo que a tome de assalto.
Que faça seus olhos
reluzirem com a força de mil estrelas.
Sou uma estrela!
Sempre soube disso.
Mantive-me acorrentada
à procura de algo.
Cheguei a conclusão
que procurava a mim mesma.
Quanta pasmaceira,
 mentira e hipocrisia.
Não preciso disso.
O que preciso é de
autenticidade e atitude.
O inferno está entre minhas coxas.
O paraíso?
Se quiseres posso te mostrar.
Fica na mesma localidade do inferno.
Pena que normalmente
só conhecem o umbral ou purgatório.
E sabem por que?
O medo paralisa.
E então preferem
esse lugar 
a tentar vôos mais altos.
Qual o problema com os extremos?
Nenhum.
Mas a tão falada normalidade
tolhe os seres
e assim eles caminham como robôs.
Tão trágico.
E quando encontram uma estrela
não sabem como lidar e a deixam ir.
Se contentando com ilusões.
Se contentando com nada.
Acordem!
Venham dançar comigo.
Atrevam-se a sair do roteiro.
Busquem dentro de si próprios,
fortaleza e coragem.
Deparem-se com a Vontade.
Despertem para a Vida!
Assim encontrarão prazer inenarrável.
Estou aqui acordem!
Vamos dançar e nos saciar.
Bailar pelo universo sem destino.
Sendo Estrelas,
contagiando de alegria e
êxtase tudo ao nosso redor.
Acordem!!! 

Um comentário:

La Rosa Carla disse...

Então vamos dançar até conseguirmos entrar em outra dimensão rsrsrs