quarta-feira, 7 de março de 2012

Queria sonhar contigo essa noite

Indo para a cama, tentar dormir depois de um dia corrido, cansativo e chato em algumas partes dele. Mas, a vida é assim mesmo.
Na verdade não vim aqui falar das chatices que me cercam e sim dos desejos e vontades que me despertam determinadas conversas.
Conversar com pessoas inteligentes me embebeda. Com pessoas que dominam a palavra, essas me deixam enebriada. Penso que sou alguém com sorte, porque vez por outra em meu caminho essas pessoas aparecem e espero que permaneçam. Ler um bom texto, palavras bem colocadas mexe com os meus neurônios e também com a minha libido. Aconteceu isso hoje, ou melhor ontem.
Há pessoas e pessoas. Há aquelas que deixam marcas suaves, que o tempo apaga. Há as que marcam de forma indelével o outro ser.
Um homem que sabe usar a palavra certa na hora certa, é um achado. Independente dele ser ou não um dominador. Na minha opinião se ele for Homem, isso mesmo com H maiúsculo, com certeza ele é alguém que vale a pena, ler, ouvir, sentir e quem sabe sonhar.
Fazia tempo que esse tipo de sensação não tomava meu ser. Esse tipo de troca me é muito importante. Conhecer, desvendar, dar um passo a frente e dois atrás, isso me deixa em estado de espera. Claro que também assusta. Ainda mais quando esse alguém some, sem deixar rastro. Já aconteceu antes.
Alguém já ouviu falar em orgasmo cerebral? Existem Homens que sabem fazer isso. Admito são raros mas, eles existem. Graças aos Deuses por isso. Ou melhor graças a Nós, porque somos Deuses.
Queria poder entrar nos seus sonhos e me entregar, sem nem mesmo pensar duas vezes. Queria tocar seu rosto com doçura e beijar teus lábios com volúpia. Brincar no teu peito e descobrir teu coração descompassado. Ficar entre tuas pernas, encaixada para me deliciar com gula e luxúria, lambendo, mordiscando, sugando até sentir teu mel em minha boca. Ofertar-me como uma flor para ser aberta e tomada em fúria. Unhar tuas costas, ah sim tuas costas! Brincar de gangorra. Satisfazer tuas taras e as minhas, em uma noite regada a vinho, velas e gelo. Sentir-te dentro de mim, pulsando, naquele vai e vem delirante. Até explodirmos ambos num gozo devasso e total. Postar-me de quatro para te receber teso naquele anel. Sentir tuas mãos em meus quadris cadenciando o movimento. Depois os bicos dos seios entre teus dedos, fazendo doer ao mesmo tempo que me dás prazer. Enquanto rebolo pra ti, tua boca sussurrando obscenidades, enquanto me fazes tua. Depois de irmos e voltarmos nessa permissividade toda, aninhar-se entre teus braços e dormir de conchinha, sentindo teu corpo quente a me dar segurança...
Queria sonhar contigo essa noite!

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi Yasmin, você escreve muito bem.
Parabéns
Carla

Yasmin Sub disse...

Obrigada Carla

Venha sempre e sinta-se em casa.

Beijos

Yasmin

flor de cristal disse...

oi Yasmin, quero logo me desculpar com vc pq esqueci de mencionar vc dentre as amigas que me escreveram, me perdoa viu? Mas agora seu nome já está lá e quero aqui agradecer do fundo do coração!


Beijokas!
✿ flor de cristal

Yasmin Sub disse...

flor de cristal...

Não se preocupe com isso, estou feliz por vc estar bem!!!

E continuar o blog que é tão lindo!!

Beijos