sábado, 10 de março de 2012

Perguntas




Estou aqui tentando entender.
Que raio de sentimento é esse?
Que invadiu meu ser,
permeia meu dia,
insiste em adentrar meus sonhos?
Qual o sortilégio que usaste?
Que demônio invocaste?
Que encantamento fizeste?
A qual anjo endereçou tua prece?
E mesmo na tua ausência te sinto
presente
pulsante
inebriante
Quando apareces
qual raio em noite de luar,
sorrio e suspiro.
Ao entrares me reteso
qual arco pronto a ser usado.
Nada mais me importa.
Não ouço ou vejo
nada além de ti.
Como isso aconteceu?
Em que momento
tocaste o mais profundo do meu ser.
E que medo é esse que me acompanha.
A cada palavra tua
tremo e temo.
Que me digas
já me vou.
Fico triste e esperançosa.
Em estado de espera.
Pressinto a tua volta.
Tua necessidade.
Teus desejos.
Que raios está acontecendo comigo?
Na verdade, 
tenho é medo da resposta.
Porque ela pode
pôr tudo a perder.
Então me calo.
Forço meu silêncio.
Sorrio, 
sentindo tua presença
preenchendo meus vazios.
Mas continuo calando,
porque és repleto
de MAS...
Então espero, 
anseio,
desejo,
imagino
e vou cercando
de carinho,
de atenções,
de afagos
e arroubos
Teu ser.... 
tão presente
tão palpável
que me perco
em ti
não querendo
encontrar uma saída.
Simplesmente
permaneço
entre teus braços.

Nenhum comentário: