sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Utopia?

Pensamentos atravessam a minha mente sem me pedirem permissão, desejos invadem meu corpo sem que eu os perceba nitidamente.
Ando muito estranha nesses últimos tempos.
Voltando a morar em minha cidade natal espero reencontrar amigos, dentro e fora do universo BDSM. Ainda acredito em meu coração mesmo quando tudo indica que não vai dar em lugar algum.
Continuo percorrendo caminhos que penso conhecer. Alguns realmente conheço e outros desejo desesperadamente não conhecer.
Adoro o silêncio que reina nesta sala enquanto escrevo, nem mesmo a música minha companheira inseparável quis hoje aqui. Há momentos em que é necessário se afastar dos sons exteriores para prestar atenção no interior. Nem sempre é fácil se deparar consigo mesmo. No começo é amedrontador. Com a prática se acostuma. Novamente as redes sociais discutem sobre ser real ou não. Sobre ser submissa ou escrava. Sobre diferenças que poucos conhecem na verdade.
Quem está de fora não pode querer opinar sobre o que é certo ou errado. Aliás ao meu ver, em qualquer relação saudável, quem decidi isso são somente os envolvidos. Então me pergunto porque pessoas que não estão nessa relação querem discuti-lá ou mesmo apontar caminhos a serem seguidos?
E mais qual a diferença dessas interferências para os envolvidos? Mais uma vez, usando meu modo de ser, digo nenhuma. E se por ventura houver tais interferências, os envolvidos deveriam sentar e conversar longamente sobre o que os aflige.
O ser humano tem o hábito de atirar pedras nos telhados alheios se esquecendo que o próprio é de vidro.
Nesses anos que percorro o universo BDSM me deparei com vários tipos de pessoas. Os educados, os sem educação. Os que querem dividir suas experiências com os novatos, e dou graças a eles, posso dizer que aprendi muito com cada um.
Conheci também quem se considera maioral, o super e não sei mai lá o que.
Conheci mulheres submissas e também Dominadoras que me fizeram ver o mundo sob outra perspectiva. Encontrei feminilidade em cada gesto e palavra, e digo mais de formas suaves e meigas, e também de formas dominadoras e por vezes agressivas. Ao passear meu olhar sobre esses anos, digo de boca cheia, tive muita sorte de conviver com essas pessoas.
Os homens, ah os homens, alguns me surpreenderam das mais variadas formas, outros me fizeram querer manter distância, talvez por não estarmos na mesma sintonia. Por alguns tenho verdadeira admiração e carinho.
Outros tocaram meu ser, e foram poucos devo admitir, de uma forma que despertaram em mim a mulher no cio e também a menina travessa que adora brincar e rir. Talvez seja por isso que ainda insisto em manter meu perfil nas redes sociais. Ainda acredito que possa encontrar alguém que me toque e que aceite ser tocado no mais profundo do próprio ser.
Utopia? Quem sabe? Enquanto isso prezo as amizades que faço, mesmo as virtuais, porque sei que hora menso hora elas se tornarão tangíveis, porque reais para mim elas já são, há muito tempo. Não vejo a hora de ter algum evento para poder passear entre meus amigos e pares. E depois me sentar e escrever como me senti ao estar entre os meus, mais uma vez... 

6 comentários:

Amar Yasmine disse...

Linda menina!

De xará pra xará, adorei seu texto, vc escreve muito bem. Te ler foi prazeroso e agora estarei sempre aqui.
Desejo a vc muitas alegrias e que os prazeres sejam incontáveis.

Beijo carinhoso!


*Amar Yasmine

yasmin so yasmin disse...

Cara Amar Yasmine!

Um prazer saber que você gostou!!!

Sigo seu blog já faz um bom tempo.

Escrevo o que sinto e o que penso...

Obrigada por ler...

Beijos

Anônimo disse...

Eu sou tua fã, sabes disso....amo tudo que escreve, e sobre amizade virtual se tornar real, espero brevemente isso acontecer, pois estaremos mais pertinho.........preciso abrir conta no google, so sai como anônimo rsrs, mas sabe que é a Doceserva de SR.JANUS..... bjnhos

yasmin so yasmin disse...

Fico muito feliz por vc fazer parte da minha vida.

E por postar comentários, mesmo sendo anônimos, sei que é vc minha doce amiga...

Beijos

Yasmin

André disse...

Espero estar na lista "boa'...

Beijos, Yasmin!

André.

Yasmin Sub disse...

Claro que sim meu querido André!!

Vc tem lugar vip nela, sempre.

Beijos

Yasmin