terça-feira, 10 de abril de 2007

Uma Resposta


Descrever sentimentos e desejos,

é algo tão belo e intenso

que muitas vezes nem percebo

que posso estar invadindo ou não espaços alheios.

Não o faço por mal ou mesmo com segundas intenções.

Escrever para mim é algo tão mágico que simplesmente me deixo levar.

Não sei qual o nome ou mesmo o sexo

da pessoa a quem respondo, somente respondo.

Deixo saírem pelos meus dedos o que me vem à alma ao ler.

Algumas vezes vejo os meus próprios desejos

e vontades refletidos em escritos e me pego automaticamente

envolvida e descrevendo o que minha alma anseia.

Não pensei estar sendo invasiva ou mesmo atirada,

não analisei o que isso poderia acarretar.

Mais uma vez fui impulsiva e acredito despudorada até.

Acontece que descrevi ao que me vai na alma.

Esqueci que os sonhos eram meus.

Talvez refletidos em muitos desejos dos outros, mas sempre meus.

Escrevo como forma de me encarar.

Escrevo para entender meu ser.

O que não é nada fácil.

Escrevo porque viajo dentro de mim,

com palavras as vezes que nem minhas são.

São usadas por mim como inspiração.

E vôo, vou para lugares dentro de mim mesma

que por vezes me surpreendem.

Talvez por isso tenha sido por vezes mal interpretada.

Vou me manter no meu canto em silêncio.

Assim não me sentirei invasora.

Agora meus dedos se sentem inibidos e meus pensamentos confusos.

Não era meu desejo ser apontada, somente compartilhar

versos e por momentos sorrir enquanto escrevo.

Meu desejo era expressar o que meu íntimo anseia, era só isso.

Agora o melhor é calar.

Mais um recomeço.

Estive vendada mais uma vez...

Com isso meu espírito se libertou.

O corpo reage,

o olfato mais apurado,

o tato mais intenso,

o paladar mais sensível...

Estou enredada em meioa uma teia gigantesca.

Onde o prazer me guia e descubro mais de mim mesma.

Começos, recomeços.

Assim vou seguindo...

2 comentários:

Yasmin disse...

Essa escrita e muitas outras foram dirigidas a uma pessoa em especial, mas como ele não sabe e acredito que não faria diferença se soubesse, hoje revelo seu nick, um amigo distante e irreal Dante

submissa flor de cristal{LB} disse...

Que pena se é que ele não te leu. Tudo aqui tem tanto sentimento que dificio definir tanta beleza.

Parabéns Yasmin, tudo é muito lindo!

Beijos,

flor de cristal{LB} .