terça-feira, 10 de abril de 2007

Tateando




Procuro a serenidade em meio ao caos.

Há momentos em que penso que vou sucumbir.

Nada está bom, nada está bem....

Sofro na alma e no coração.

Recuo, avanço...

Questiono a mim mesma.Vale a pena???

Vale a pena sofrer tanto?

Meu destino foi traçado... Não há como voltar atrás...

Mas por hora só sinto a dor...

Nada de prazer ou satisfação...

Há momentos que meu medo é maior

do que tudo e me pergunto se manterei a lucidez.

Perguntas me rondam o tempo todo.

Algumas respostas meu íntimo grita.

Outras ele cala, talvez por medo, talvez por insegurança...

Não sei todas as respostas.

O caminho que vejo a frente me atemoriza.

E não sei se estou apta a percorrer

estradas onde as pedras me magoam...

A cada passo dado...

Porque só tenho experimentado a dor?

Onde fica o prazer?

Onde fica o gozo esperado?

Onde fica a beleza da entrega?

Perdida??? Superada???

Ou o que???

Quem poderá responder?

Somente o tempo e a vida...

Não sou covarde...

Mas também não sou fortaleza.

Sou alguém em busca de carinho, de gozo e dor...

De amor cúmplice e sincero...

Mas hoje tenho a alma ainda perdida e tateando

dentro dela mesma para encontrar as respostas...

Encontrarei???

Tenho de encontrar...

Nenhum comentário: